2 de set de 2008

NA TORCIDA!

Hoje é um dia muito, mas muito triste prá mim,
talvez, o dia mais triste de minha existencia, de
todos os dias que no antes, achei ter vivenciado...

A proximidade tangível de perder uma pessoa
da qual voce ama, mal a conhecendo, faz com
que a escala das coisas se transforme em
algo que escapa de suas tentativas, sempre
tão inúteis, de compreensão dos por ques...

Estou quase perdendo uma, de minhas duas
filhas, ambas pré-maturas, gêmeas fraternas,
nascendo com 33 semanas, quando o ideal
seriam 40... Numa incubadeira, acabou tendo
contato com uma infecçao hospitalar grave.

É estranho como que, no fundo, não se quer
achar suspeitas, mas sim, constatar de como
e por que isso pode acontecer, com alguém
nascendo perfeita, e potencialmente abreviar
sua vida de forma tão abrupta, quase violenta
e assim, precavermos outros pais e mães de
um sofrimento muito proximo do incalculável.

Se nós a perdermos para essa tão grave e
tao letal ocorrencia
, algumas das religiões
terrenas, vão querer, prontamente, dar
lhe
o apelido prestimoso e inocente de ´anjinho´...

Acontecendo isso ( nao quero, é Ó-B-V-I-O ),
num século de
tanta informação disponível, de
máquinas complexas e espetaculares e com

pessoas bem qualificadas prá cuidar de vidas.

Anjinho...? Hmmm... Desculpe-me, mas nao.


Cá prá mim, ela é tão somente uma menina,
com páginas ainda em branco para que, por
ela mesma, sejam, uma-a-uma, preenchidas....

E a mulher que ela pode vir jamais se tornar,
já me fez, estranhamente, um homem melhor.

LUTE AÍ, MINHA MENINA E LUTE COM FORÇA!

SEU PAI ESTÁ NA TORCIDA, JUNTO CONTIGO!

.
PS: Louise melhorou, está em casa e dá MUITAS RISADAS como palhaço do pai dela, um babão GIGA-APAIXONADO por ela, 24h/dd...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capriche. Não curto Anônimos, mas costumo perdoar os Covardes. (Às vezes, me sinto covarde, então...)