22 de mai de 2009

BALAÚSTRES! (Lá se vão 2.000 anos...)



Por que as pessoas se permitem serem "kitschs", ao declararem visualmente seu apreço por, por exemplo, as balaustradas ?

Balaústre, voce sabe o que é: Tinha na casa de seus avós ou de algum vizinho teu.

Se é que, vergonha absoluta, VOCE MESMO NÃO O EXIBA, em sua própria casa!

Tratam-se de um tipo de contenção físico-visual, aprimorada na arquitetura artística dos romanos imperiais, uma espécie de guarda-corpo baixo, ao mesmo tempo maçico e leve, utilizado em terraços e beirando escadarias, no formato de botões de...

... FLORES DE ROMÃS!


Existe até uma música com esse nome, FLOR DE ROMÃ:

Flor de Romã (Xico Bizerra)

Flor de romã, tecelã de um novo dia,
Flor de romã, artesã da alegria,
Um cheiro bom que me invade, cheiro de felicidade,
Flor de romã, festejando a manhã,
No canteiro dos meus sonhos fecho os olhos para o ontem,
Só enxergo o amanhã,
Não tenho ouvidos pra qualquer palavra vã,
Abro o peito pro amor, sonho a noite sertão
Roma, Romã... pescou ?

Sempre afirmo que tudo, nessa vida, é uma questão de escala.

( ... e proporção, complementa o meu ainda hoje professor, Otavio Yassuo Shimba) e, na balaustrada, eis a escala, aumentada, de um padrão, literalmente, floral.



E o que são, afinal, os Balaústres ?

São fileiras organizadas, de flores de romãs, estilizadas.

Ou, se preferir beber na fonte: Flores de Romãs, parecem-se com "balõezinhos".

(Ei, com os meus devidos créditos, heim? LondonCallingz é CULTURA...)

Aqui está a mutação:

Balaústre, é uma forma moderna de dizermos "Balaustim" em velho, bom e sempre útil ao português-brasileiro, Latim.

Acredito que seja algo como um "pequeno balão", um balãozinho.

De fato, uma Flor de Romã, quando ainda em botão, parece-se mesmo com aquelas nossas bexigas de festinha-de-crionças atuais, ainda vazias, esperando por alguém que irá enchê-la com a boca, exalando o ar seus próprios pulmões.

Porém, não se anime aí, com tanto "romance"...

Balaustivm também é... CARRAPATO e, pelo fato do animal tar como uma de suas principais características, depois de chupar muito sangue, a de inchar tal e qual um balãozinho ?

... pode ser que a balaustrada que voce admira, tratar-se ía de CARRAPATOS ESTILIZADOS!

Os quais, ao menos na Antiguidade, eram feitos (os balaústres...) de bom e belo mármore e não moldados em cimento ruim e absurdamente mequetrefe, quanto ao acabamento rude...


Mandíbula -ampliada- de um Balaustium (vulgo "CARRAPATO")

Como os Gregos valiam-se de palavras similares, para definirem objetos similares, e, oras!, carrapatos são mesmo "balõezinhos murchos", uma coisa e uma coisa e, outra coisa é uma outra coisa ...

Argumento que NÃO o autoriza no investir de um único e miserável centavo, em qualquer balaustrada, verdadeira presepada, exceto se voce foi batizado com um nome de Cristão Velho, tal e qual, algo que soe como "Tótivs Ímbricvs Terrarivs"...

Or something like that.

.

3 comentários:

  1. Você ou é idota ou um perfeito imbecil.

    ResponderExcluir
  2. HEHEHEHEH, voce tem BALAUSTRES em casa, néam? Não ligue. Ser pobre, inclusive de espírito, é moda agora, ENJOY IT YOURSELF!
    .
    PS: E a tua balaustrada, idem...

    ResponderExcluir
  3. Lixo de matéria... Fumou um baseado estragado, só pode ser !

    ResponderExcluir

Capriche. Não curto Anônimos, mas costumo perdoar os Covardes. (Às vezes, me sinto covarde, então...)