15 de mar de 2007

: : NUDEZ: O QUE ACONTECE ?


:: FREUD nos deu a dica: Quem ´constrói´ a Mulher somos nós, os Homens.

Reclame não, heim? O cara está 7 Palmos debaixo da terra e, estupefato,

eu concordo cada vez mais com ele, senão vejamos (Está bem, leiamos...):

1.)
Os Pintores de Mulheres são Homens;

2.)
Fotógrafos de Mulheres são Homens;

3.) Escultores de Mulheres são Homens;
 
4.) Cirurgiões de Mulheres são Homens;
 
5.)
Os Poetas de Mulheres são Homens;

6.)
Costureiros de Mulheres são Homens;

7.) Os Cantores de Mulheres são Homens;
 
8.)
Maquiladores de Mulheres são Homens;

9.)
Os Tatuadores de Mulheres são Homens;

10.) Os Sapateiros de Mulheres são Homens;

...e de acordo com a ex-aluna minha, a futura jornalista Karina
Agrella: ´´Professores de Mulheres Decididas, São Homens!´´...
;)

:: Como voce já pôde perceber... a lista é infindável e, clichezão brabo, lá vai: ´´Toda Regra Tem... etc, etc..´´, mas o diabo do homem se sai bem até na... COZINHA!

:: E na NUDEZ, o que está acontecendo ? SANEPAR, ACHTUNG! Alguém está jogando entorpecentes aí ou narcóticos dos BRA-BOS nas giga-cisternas de água potável da cidade, olhem bem atentamente à sua volta:

:: Colegiais, estão vestindo-se como Prostitutas e...
. ... PRÊMIO BIZARRÍA 2MIL&6:

:: Prostitutas, vestidas como discretas Colegiais !

:: Quase batí o carro dia desses à saída de um Colégio onde ´´uniforme´´ é palavra banida da cartilha e, o mais estranho: EU, um cultuador do feminino... sentindo-me em 1945 (talvez antes!) DJEE-ZÂZ, serei um PURITANO?

:: NÃO, acho que não: Estão é exagerando na Nudez Feminina, mas tribo por tribo... oras, essa não é a minha e ´´naturalmente´´, os assombros virão em sunamís recorrentes, até a sua saturação
visual extrema, a chance de termos um revival interessante, onde nós homens teremos o coração acelerado, só em divisarmos um...
 
... OMBRO DE MULHER !

. ..... Quem viver, lerá.

PS: Mulherinhas, aqui vai, portanto, uma dica: Menos, menos...

CS-C

: : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : : :

PS: Apenas uma unica coisa estranha do mundo das mulheres, eu ainda não decifrei completamente e talvez, passe uma vida e inteira sem nem conseguir chegar perto:

Refiro-me aos tais "Saltos Altos", que no Renascimento, era símbolo de virilidade, restrito aos nobres masculinizados do corte ( a "Elite" de então...).

O mais perto que cheguei de calçar Saltos Altos, foi trajando-me à caráter para visitar um evento chamado FESTA DO PEÃO EM BARETOS - SP.

Tirando a veadagem country, como estava em Roma, vesti-me quais romanos.

O segundo momento que mais perto cheguei dos Saltos Altos, foi tirando-os dos dois pés de alguma moçinha elegante ou sexie ou danadinha -ou todas essas características juntas, numa mesma moçinha elegante sexie e danadinha- e, confesso, não entendi de COMO É QUE AQUILO poderia (e pode, a julgar pelos guarda-roupas delas, no caso, na parte reservado aos seus sapatos...) calçar um SER HUMANO...

Já me interessei por desenhar aviões, cadeiras, predios, locomotivas, bonés, armas, cameras, pontes ferroviarias, lixeiras, crucifixos, talheres, vagões, carros, arranha-céus, mulheres nuas...

Mas SALTOS ALTOS, nem nunca me deu na veneta.

Talvez, por causa do talento bizarro disto aqui:
(IMAGEM FROM DESIGNBOOM: vegas girl' by german artist iris schieferstein, 2009 toy pistol, cow hooves, zipper )

O dia -improvável- que eu for fazer um ensaio gráfico-visual dessas ABERRAÇÔES SOCIO-CULTURALMENTE ACEITAS, como os chamados "Saltos Altos", eu juro que calço um, (OK, OK, eu calço 42 e Meio, isso vai ser meio engraçado, prá não dizer impossível uma investigação "travestida" destas, mas enfim...) prá tentar entender as mulheres, mas....

como nem Freud conseguiu., melhor nem chegar perto disto...

Como o e-erotismo (ou e-pornografia, como queiram) está comprovadamente definido como apenas mais uma das centenas de e-diversões e e-possibilidades de e-ntretenimento da internet (não esqueça que essa jóça ainda tem e cultiva os denominados e-learning, e-banking, e-auctions, e-supliers, e-mailing, etc, etc,etc... PRINCIPALMENTE os etc!), incluindo a possibilidade de higiene real absoluta e anonimato virtual absoluto, pois quando se desliga a máquina, apenas seus registros se tornam "reais" e tangíveis, dentro das próprias máquinas, através dos abundantes log files.

O mais, digamos, interessante da net?

Tudo fica registrado.

E, alguns dos mais renomados autores de obras impressas com a ampla temática da Terceira Onda já tem registrado uma nada discreta tendência de:

- e-mails fake,
- perfis fake,
- bate-papos fake,
- diálogos fake,
- encontros fake,
- desejos fake,
- endereços fake,
- intenções fake,
- imagens fake,
- blogspots fake,
- e-grupos fake,
- sites fake,
- àlbuns fake,
- usuários com sexo fake

(ou seja, praticam o crosdresser, "roupas-trocadas", homens fingindo ser as mulheres e as mulheres fingindo ser os homens, como no teatro japonês e grego, lá se vão milênios)...

Incluindo as habilidades, de alguns usuários mais recentes, que já conseguem, via webcam, exibir um conteúdo que, para quem está assistindo do outro lado, não é nada on-line e sim, um arquivo em loop, ou seja:

Conseguem exibir uma imagem "live cam", que se trata de "file cam"!

Conseguiram criar o:

- on-line fake!

Eu mesmo, já brinquei em salas de bate-papo, fingindo ser quem eu nao era (não lá com muita eficiencia, admito...) e a diversão intelectual de se inventar um personagem fake, com estilo de vida fake, relatando aventuras fake, seja uma transa, uma viagem, um trabalho, um encontro ou uma ideia sobre um tema, quais sejam eles, se não é gratificante, é pelo menos um passatempo, prá se dizer o mínimo, noiado, nem que seja por pura distração.

Se a intenção é o anonimato real, com a certeza que pode-se dar um log-off sem maiores consequencias, do que alguém do outro lado, ainda querer se comunicar com o João deslogado, ainda que o João agora deslogado, seja na verdade, Maria deslogada na vida real, do qual, com isso, só pode significar uma única coisa:

O que é o fake? Fake, é um pré-requisito e laboratório lúdico, para quem voce não quer ser ou viver de fato, exceto, por brincadeira, como por exemplo, em uma "não segunda existencia".

Não é a toa, que já inventaram o cenário para esse tipo de comportamento, de resto, humano:

Damos nomes bastante chiques à essas emulações comportamentais, tais como:

- teatro
- televisão
- literatura
- pintura
- escultura
- ilustração
- cinema
- publicidade
- fantasia
- carnaval
- lendas

E, em não poucos casos, religião.

Ah! em termos de avatares, prá não parecer tão óbvio, atende pelo significativo título de Second Life.

Porém, até onde me conheço, não chegaria a tanto. 

O que já existe, já dá prá zoar grandão, pelo menos, até encher o saco e procurarmos outras válvulas de escape, que prá muitos alguns é feita de baladas, cachaças, tabacos, trabalho, tunar um carro ou mastigar bits.

Estatisticamente, quem promove um persnagem fake não investe nada de sí, pois para isto, o perfil real dá conta disto, em 100%.

O que se procura, na verdade, é o maximo de criatividade possivel, afinal, se voce é o diretor e autor e personagem ao mesmo tempo, faça me o favor de criar alguem coerente, seja um adolescente mimado e festeiro ou uma putinha triste e semi-urbanizada.

Tanto é, que raramente um pobre se imagina um milionmario ou um milionario um pobre: O que se vê mais, é a criação de algo estranho, oposto, descabido, novo ou desconhecido, pois quem cria, busca o desafio e não a concretização fisica do personagem.

Vide os RPG´s e, mais recentemente, os Cos-Play.


Não investe nada de sí, talvez, exceto, a eneregia e o tempo (OK,ok, como se isso não fosse pouco, mas se valer disto ocasionalmente e efetivamente anônimo e não patologicamente, abandonando completamente as demais tividades, é melhor procurar ajuda e rapidão...).

Haverá sempre uma atividade principal, primordial e indevassável, como por exemplo, um emprego, a família, os amigos ou seu hobbie, prá se dedicar de verdade.

Ou em alguns casos, mais raros, dezenas de outras atividades criativas e que dermandam tempo, esforço e dedicação, além dos próprios e variados papéis sociais à cumprir, sejam de hierarquia, instituições ou de laços.

Como por exemplo, voce ser "tio" de alguém, mesmo esse título ser... fake!

O resto, é perda de tempo on-line, perdas estas, conscientes, aliás.

Prometo voltar ao tema, depois de experimentar mais algumas virtualidades normais e a-normais, comuns e in-comuns, ofensivas e in-ofensivas, me valendo do anonimato, em um assunto que com certeza absoluta, vai interessar bastante aos meus 19 infiéis leitores.

Já estou craneando alguns avatares, se não divertidos, ao menos, verossímeis, confira (aceitamos sugestões, mas não prá somar e sim, substituição):

1.) Uma moça urbana (que talvez não seja exatamente "ela"...) de facil vida noturna, com seus presumiveis 35 anos, mas que de dia trabalha no comércio paulistano;
2.) Um sério trader de 55 anos, que importa bugigangas da China e procura por um sócio em Paranaguá;
3.) Um pescador amasiado de Cabo Frio de 40 anos que procura dividir seus conhecimentos náuticos e construtivos;
4.) Um Dekassegui de Osaka, Japão, procurando novas formas de diversão;

Vou lançá-los na rede, um a cada 6 meses e, tirando a vadía fake, fica aqui minha perguntinha provocativa:

O que o trader fake, o pescador fake e o dekassegui fake teriam, em comum?

Quem adivinhar, ganha uma pizza de minha lavra!... ;)

Para me ajudar na experiencia, recorrerei a impactante obra do ARMOR,  A (R)evolução do E-Business, a biblia de quem quer entender as possibilidades on-line.

E, por favor: Não se trata de alguma experiencia de tecnologia de informação, prá se ficar rico, sim? Se muito, uma tecno-bobagem, de utilidade duvidosissima e de, muito provavelmente, comprovado mau-gosto... EU AVISEI.

.

(UPDATE 2008)
Oras, oras! Anônimos querem contribuir! Ei-los, sem ordem, no italico, a sugestão e em bold, a minha resposta:

"Sugiro que seu personagem de N° 1 venha do interior e precisa ser garota de programa pra completar a renda"
ANOTADO.

"Essa putinha aê bem qui podia ser um travecaun, kkkkkkkkkk!"
HEheheheh... Vou ver isso.


"Interessante isto. Sou diretor de teatro e o que voce afirma tem muito do sentido da materia prima do que faço diariamente. Vou acompanha-lo, mas sugiro montar um blog, pois serviria como reduto de consulentes no tema e eu mesmo o inidicaria aos meus alunos. Sorte na empreita"
ORAS, quem diria! Estou servindo de inspiração!

"Se quizer uma dica, use salas de batepapo do UOL prá pegar dialogos ou use o MSN, gravando os dialogos. É só ter cuidado de filtrar tudo, pois nao se pode ter fones ou endereços de terceiros. Invasão de privacidade, no Brasiol, já dá cana braba"
BOAS DICAS! Anotado!

"Se é pra sugerir, pq naum uma lista de discsussão"
VALEU A DICA, MAS TENHO MUITAS ATIVIDADES. VOU PENSAR NISTO, OBRIGADO! 

"A vadia bem que podia ser de BH, aqui dá na cerca, de tantas que tem"
DESCULPE, MAS ISSO TEM NO MUNDO TODO...

"Faltou um politico bem ladrao e fdp. Por que nao um deputado?"
OLHA... Prefiro uma vagabunda, pelo menos, ela trabalha, ainda que eu não aprove a sua escolha.

"Cade uma dona-de-casa boazuda e santinha de dia e putona e bem safada na náite?"
BOA PERGUNTA... Talvez por ser óbvio, sei lá...



_______________________________________

Alguém mais quer dar dicas? Só não entendi o por que da Personagem Numero 1 ser a unica indicada...  

e-putaria, rules?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capriche. Não curto Anônimos, mas costumo perdoar os Covardes. (Às vezes, me sinto covarde, então...)