15 de mar de 2007

: : PAINTBALL:GUERRA É GUERRA!



ARENA DE PAINTBALL
, VERÃO DE 2MIL&7: FORMAMOS
MEIO SEM PENSARMOS 2 EQUIPES, 6 DE CADA LADO,
´´ELES´´
, NA MALÍCIA E NA RAPIDEZ, ESCOLHERAM OS
COLETES PROTETORES PRETOS, UM APENDICE NA
VIRILHA, FEITO DO MESMO MATERIAL DO COLETE,
GERAVA PERGUNTAS QUE NÃO FORAM FEITAS ALÍ, DO
TIPO ´´POR QUE ESSA $%¨&#!? DESCE ATÉ O SACO ?´´
NOS EQUIPAMOS COM OS COLETES QUE SOBRARAM
NOS BALCÕES, NO CASO, OS VERMELHOS, TÃO VISÍVEIS,
COMO MOÇINHAS SUBINDO ESCADAS EM MINI-SAIAS SEM
CALCINHAS, AJUSTAVAMOS OS EPI´S MEIO ACABRUNHADOS.
COMO SE SOUBÉSSEMOS DE ANTEMÂO QUE ESTÁVAMOS
ENTRANDO NAQUELA BATALHA COMO CARNE DE CANHÃO,
CINTILANTES COMO PLUTÕNIO NO BREU, DEVIDO AQUELA
INDISCRETA TONALIDADE BERRANTE NO MEIO DA ARENA...
O INSTRUTOR, JUIZ, OLHEIRO E ADIDO MILITAR NOS DÁ
OS ÚLTIMOS ESPÔRROS, DE COMO DESTRAVAR NUM
BOTÃO A METRALHADORA, MUNIDA COM 25 BALAS DE
TONS BERRANTES, RÍGIDAS E PLÁSTICAS COMO AQUELES
CHICLETES CHINESES DE BLISTERS EM LINHA, PROPELIDAS
À MAIS DE 100 KM/h POR GÁS CARBÔNICO, ESTE, RECÉM
CARREGADO, COMO NUM CILINDRO DE MERGULHADORES,
ACOPLADO NA ARMA À GUISA DE EMPUNHADURA METÁLICA.
O ADIDO MILITAR NOS ENXOTA PARA UM CANTO ( PRÁ MEU
DESASSOSSÊGO, O MAIS ILUMINADO, AINDA QUE FOSSEM
CINCO DA TARDE NO HORÁRIO DE VERÃO
), NOSSOS ONTEM
SEMI-CONHECIDOS-DE-VISTA E HOJE, OS CIRCUNSTANCIAIS
INIMIGOS,
SE DESLOCAM EM DIREÇÃO OPOSTA, COMO SE
PROTEGIDOS PELA SEMI-ESCURIDÃO DE UM SALÃO COM
PARCAS LUZES INCANDESCENTES, PROPOSITALMENTE
FRACAS, VÍ-OS COMO SE DESAPARECENDO NA BRUMA OS
MALDITOS, EM SEUS COLETES PRETOS CAMUFLANDO-OS...
NOS ALINHAMOS NO FUNDO DO SALÃO AGUARDANDO
A VOZ DE COMANDO: NÃO ERAMOS MAIS OS HUMANOS
PACATOS, POR VEZES SERVÍS, GENTÍS E/OU CIDADÃOS,
QUE ESTÁVAMOS HABITUADOS A SER, A VIVER, A CRIAR.
ERAMOS HOMENS NUMA MISSÃO: ATACAR. NINGUÉM
TREINARA NADA ANTES. NINGUÉM FEZ TIRO-DE-GUERRA,
EXÉRCITO, MARINHA, AERONÁUTICA, ESCOTISMO, B.G...
APESAR DE EU TER IDO Á QUITAÚNA EM OSASCO PELO
TREM DE SUBÚRBIUO ´´...QUANDO O BRASILEIRO FOR
COMPLETAR 18 ANOS
´´, PELADO NUM FRIO DO CARALHO,
INVERNO PAULISTANO, JUNTO COM MAIS UNS 600 CARAS,
TERBLINKA E SOBIBOR PERDERIAM, DADA A INUTILIDADE.
TRATEI DE FICAR VESGO ATÉ ME DAR DOR DE CABEÇA,
UM MÉDICO VEIO, ME OLHOU NOS OLHOS, ME FEZ VIRAR,
MANDOU ABAIXAR-ME DE UMA FORMA MEIO ESQUISITA,
FIZERAM ISSO COM OS 600 CARAS, UM PESADÊLO VIVO.
SEM PENSAR, RASCUNHOU UM ´´B-2´´ NUMA ETIQUETA
NO MEU PESCOÇO, UM CARA ATRÁS, AMIGO, DISSE-ME
BAIXINHO AO SABÊ-LO ´´ÊI, CARA, LEVOU O BOI NESSA´´,
NO PECOÇO DELE, LÍ DE LONGE UM GARRAFAL ´´A-1´´...
SABÍAMOS O QUE NOS AGUARDAVA. ERA COMO SE JÁ
TVÉSSEMOS FEITO ISSO ANTES UM MILHÃO DE VEZES.
O QUÊ NOS MUDA? O QUE NOS CONFORMA E NOS EXCITA ?
O CAPACETE? A ARMA? A EQUIPE? O COLETE VERMELHO ?
A ARENA ? O INIMIGO ? O ADIDO MILITAR ? O EQUIPAMENTO?
NADA NOS MUDA !
SOMOS ASSIM, NASCEMOS ASSIM, COM ESSA FÔRMA, TEMOS
7~8 MILHÕES DE ANOS DE EVOLUÇÃO FERVILHANDO EM UMA
HÉLICE DUPLA DE DNA, RODANDO, GIRANDO, REVOLUCIONANDO.
COMO ENORMES PÁS DE UM CATA-VENTO EÓLICO, MOVIDOS
PELA HISTÓRIA DA MORTE, UMA ALMA ANTIGA, O CROCODILO
ANCESTRAL DENTRO DO HIPOTÁLAMO ROSNA, ESPREITA-SE,
SE RESIGNA DE/COM SUA NATUREZA INCOMUM E COMEÇA DE
SÚBITO À CO-OPERAR NUM NOBRE OFÍCIO: CAÇAR. MATAR.
ALGO OCORREU LÁ NO INIMIGO... OUVIMOS ALGUÉM GRITAR
UM ´´PÉRAÍ!!!´´, VINDO DAQUELAS BRUMAS ENTRICHEIRADAS
POR DETRÁS DE SACARIAS, MONTES DE FENO, CASAMATAS
FEITAS DE MADEIRIT E MDF, TAMBORES CAÍDOS POR ENTRE
BARRIS DE PETRÓLEO PROTEGIDOS POR SACOS DE AREIA,
DENTRO DE UM SALÃOZÃO OBSCURO DE 38 POR 14
METROS .

OLHEI PARA OS MEUS IGUAIS. POR UMA CIRCUNSTÂNCIA,
ERA A MINHA EQUIPE. A MINHA TROPA. EU ESTAVA COM
ELES E ELES, COMIGO. TÍNHAMOS O MESMO OBJETIVO,
MESMO SENDO TODOS APARENTES DESCONHECIDOS.

UM ENCONTRO NUMA ANTIQUADA, MAS AINDA EFICIENTE
MATILHA. DOIS DELES, NEM SEQUER FUI APRESENTADO,
RESOLVI JUNTÁ-LOS, GRITEI ALGO COMO, ´`ESCUTAQUI,
TEM ALGUM JEITO DE SE CHEGAR LÁ NA BANDEIRA DOS
CARAS, COMO É QUE NÒS VAMOS FAZER ESSE ASSALTO
?´´

TODOS FALARAM AO MESMO TEMPO, A DIVERSÃO
PODE ENTÃO COMEÇAR. PROPOMOS UMAS DEZ OU
DOZE TÁTICAS, ERAM PLANOS ESCONDIDOS PELOS
CONFINS DA MEMÓRIA, CENTENAS DE ESCONDES-
ESCONDES, BEIJOS FURTIVOS NA GATINHA DA RUA,
JANELA QUEBRADAS BEM-ESCONDIDAS, JOELHOS
TRI-ESFOLADOS, BRAÇOS QUEBRADOS, TOMBOS DE
SKATE QUANDO EXISTIAM MARCAS COMO HANG TEN,
CADDILAC WHEELS, SANTANNA, MOJAVE, FRISCO
, EM
DÚZIAS DE ESCORIAÇÕES GENERALIZADAS DESCENDO
A PRAÇA DO POR DO SOL EM CARRINHOS DE ROLIMÂ
( ROLLEMANN...) DESTROÇANDO CARNE PELO ASFALTO
RUGOSO AO PULAR UMA RAMPA DE AÇO ( COLOCADA
ESTRATÉGICAMENTE EM CIMA DA TRINCHEIRA MANDADA
CAVAR PELOS MORADORES, EMPUTECIDÍSSIMOS COM
A SÚBITA HIERARQUIZAÇÂO DA ANTES TRANQUILA RUA
DE CLASSE MÉDIA ALTA
) EM ACLIVE PARA CORAJOSOS
NO ALTO DE PINHEIROS, LUGAR BOM DE SE NAMORAR
DENTRO DO CARRO, ´DESDE QUE ARMADO´ OUVI UM DIA
DE UM FUINHA BEM BUNDA-MOLE FILHO DE UM DELEGADO.

SEM NOTARMOS, FOMOS EQUACIONANDO AQUELA BAGAÇA.

O ADIDO MILITAR GRITOU E NOS ATRACAMOS EM MERGULHOS,
COMO ANIMAIS DE RAPINA, SORRATEIROS, SILENCIOSOS, NOSSO
DOIS OLHOS PARALELOS CHECANDO DISTANCIAS, COMPUTANDO
COMO FAZEM OS FELINOS, SOMOS O TOPO DA CADEIA ALIMENTAR,
NOSSOS CORPOS EQUIPADOS COM O DESIGN DE IRMOS ADIANTE,
AVANÇAR, CHECAR, INVESTIGAR, INSPECIONAR, COMPARAR, VER,
LEMBRAR, BUSCAR, REGISTRAR, DUVIDAR, ACREDITAR, AGIR !

AVANÇAMOS RENTES AO SOLO, QUANDO DEI POR MIM, ESTAVA
COM MINHA METRALHADORA APONTADA PARA A CABEÇA DE
UM INIMIGO DISTANTE, EU O VENDO E ELE SEM ME VER, COÇEI
A MÃO NO GATILHO E ARRISQUEI UM DISPARO, À MAIS DE 30m.

NÂO SEI SE VÍ, MAS ACHO QUE A BALA FEZ UMA CURVATURA
MUITO SEM GRAÇA, E, PRÁ MINHA SURPRESA, O BLISTER DE
TINTA PINK EXPLODIU NA TESTA DE UM INIMIGO, QUE NO ATO
LEVANTOU AS MÃOS E GRITOU ´´NEUTRO!´´, CONFORME FOI
COMBINADO E NOS ENSINADO MOMENTOS ANTES. DECIDI NÃO
AVANÇAR. COMO UM ´´SNIPPER´´, VÍ-ME ENCARAPITADO POR
ENTRE OS SINOS DESTRUÍDOS DE UM CAMPANÁRIO EUROPEU,
ONDE CADA DISPARO ERA UM INIMIGO PELO CHÂO, FORA DE
COMBATE ( de fato, atingido, deve-se sair, alguém o limpa da tinta
na viseira do rosto prá poder enxergar e voce ressucita em seguida
).

BELISQUEI MAIS UM TIRO: NO PEITO. COMECEI A ME ACHAR.

QUANDO DEI POR MIM, UM MEMBRO DA MINHA EQUIPE URRAVA
AOS PULOS, AGARRANDO NA MÃO SEM A ARMA O PRECIOSO
OBJETIVO FINAL: UMA BANDEIROLA MEQUETREFE, MUITO MAIS
PARECIDA COM UM RELES PANO DE CHÃO ENTUCHADO NUMA
VARA DE PLÁSTICO, PARA A GRITARIA COLETIVA NOSSA E SILÊNCIO
´´DELES´´... AGORA, OLHANDO-NOS DE SOSLAIO, TALVEZ TRAMANDO...

DE REPENTE, PERCEBEMOS SEM NOTAR QUAL ERA A ÚNICA
FORMA DE VENCER, TÁTICAMENTE: UM BRIEFFING, ANTES DE
CADA UM DOS ASSALTOS: AGORA, COM RECEIOS DE ELES JÁ
SABEREM DE NOSSO MÉTODOS, DECIDIMOS AVANÇAR DE DOIS
EM DOIS UM COBRINDO O OUTRO: YÁZZ! BANDEIRA NAS MÃOS!

A COISA ESTAVA FICANDO MEIO ESQUISITA. SÃO 25 TIROS POR
CARGA DE METRALHADORA/HOMEM. EM DOIS DOS ASSALTOS,
TERMINEI UM DELES COM 19 BALAS E UM OUTRO? 15 BALAS!!!

SE ESTÁVAMOS GANHANDO ( e já estávamos em 4 assaltos X 0 )
E AINDA CONTAVA AS BALAS, ERA POR QUE O NEGÓCIO ERA
ESSE: NADA DE RAJADAS À ESMO, ERA MIRAR E DERRUBAR.

UMA BALA.

UM ALVO.

INVICTOS.

AGORA, A DERRADEIRA.

ERA UM TUDO-OU-NADA. ACHAMOS QUE ELES VIRIAM PRÁ CIMA,
FEITO LOUCOS, POIS SEUS ROSTOS ESTAVAM ROSNANTES, VÍ
OS INIMIGOS DE PERTO E O ODOR DELES ERA DE VINGANÇA...

NO BRIEFFING, SUGERI UMA OPERAÇÃO QUE DENOMINEI (POR
FALTA DE CRIATIVIDADE
) NO ATO DE ´´BOI-DE-PIRANHA´´. O TÍ-
TULO JÀ DIZ QUASE TUDO MAS NÃO HOUVERAM VOLUNTÁRIOS
BOVINOS PARA O INIMIGO VORAZ. ELES ESTAVAM BEM PUTOS.

COMO A CRÍA ERA MINHA... ENTÃO FOMOS COMO PLANEJADO,
( O TÍTULO VIRÍA A MOSTRAR O PODER DESSES BATISMOS... ),
APONTEI PRÁ MIM MESMO, ELES BALANÇARAM AS CABEÇAS.

O ADIDO DEU A ORDEM DE ATAQUE, NUM RAIO, SAÍ DISPARADO
COM A ARMA EM PUNHO, DESABALADA CARREIRA, SEM AVISO,
CARPINDO EM PULOS PELOS MUITOS OBSTÁCULOS PELO EIXO
CENTRAL DA ARENA ´´INDOOR´´ ( lembre-se: eram sacarias, latões,
feno no chão, barris, casinhas de madeirit, areia, pouca luz, milhares
de blisters de tintas explodidas como munição morta, colorindo tudo
).

30 METROS, EM LINHA RETA, ATIRANDO FEITO UM ALUCINADO.

FUI LIMPANDO O TERRENO, O INIMIGO NÃO ENTENDEU PORRA
NENHUMA, PUDE VER O OPONENTE NOS OLHOS, ESBUGALHADOS
ATRÁS DA VISEIRA DO CAPACETE PROTETOR, COMO SE DIZENDO
´´MAS QUE %$# É ESSA???´´, AS BALAS? 22, 17, 12, 09, 06, 04...

SÚBITO, AINDA SOZINHO, JÁ NO FINAL DO ´´SPRINT´´, ALGO ME
ACONTECEU, QUE NÃO CONSIGO PRECISAR MUITO EXATAMENTE.

COMO NA COXA DE UM ESPANTALHO ( SOMENTE COM UNS CAPINS
POR DENTRO DA CALÇA JEANS ), MINHA PERNA DIREITA ABRIU PARA
O MESMO LADO, NUM MOVIMENTO DE BONECO, ESCORREGANDO
SEM CONTROLE PELA PALHADA SECA, QUE FICA OLEOSA POR
CAUSA DA TINTA GOUACHE DAS BALAS JÁ EXPLODIDAS POR TUDO.

CAÍ ESPETACULARMENTE NA FRENTE DO PELOTÃO INIMIGO E,
COMO UM PATINHO NUMA LAGOA RASA, FUI FUZILADO COM MAIS
DE 40 DISPAROS, UMA CAMERA REGISTROU TUDO, GRAÇAS À
UM CINEGRAFISTA DE CONFLITOS ARMADOS, NO CASO, A PAUTA
DO PROGRAMA ´´FUI´´ DA MESMA TV À CABO ONDE ANCORO O
´´HABITAT´´, NAQUELE, CONVIDADO COMO MERA FIGURAÇÃO.

EXCITADOS COM MEU MASSACRE, O INIMIGO NÃO PERCEBEU
QUE EU ERA, DE FATO, O BOI E ELES, AS PIRANHAS, MINHA
EQUIPE AVANÇOU EM DOIS FLANCOS COMO QUE INVISÍVEL
E TOMOU A BANDEIRA DELES MAIS UMA VEZ E VENCEMOS
INVICTOS, EU,
SOB EFEITO DE ADRENALINA AINDA JORRANDO,
A TIBIEZA DO CROMOSSO ´´XY´´ NA FRENTE DA MATILHA URROU
MAIS ALTO E RESISTI COMO BOM SOLDADO, APESAR DE ESTAR
MORTALMENTE FERIDO, AINDA VIVO, ERAMOS SEIS, IGUAIS E
ELES, IDEM, PORÉM, TODOS MORTOS-VIVOS E HUMILHADOS.

JÁ SENTIRA O JORRO DA ADRENALINA ANTES, QUE NA GÍRIA EM
ALGUMAS TRIBOS DIZ-SE ´`DRENADO`` ( ADRENALINADO ), NUM
VÕO DUPLO DE ASA ASA DELTA ( já voei, durante uma aventura em
primeira pessoa pruma tal de ´´revista jovem´´, pulando lá de Atibaia,
já extinta... refiro-me a revista Wanted e não a cidade..bom, não sei...
),
MAS A SENSAÇÂO DE VITÓRIA COLETIVA É MESMO UM ORGASMO,
MAS, DIFERENTE DESTE, NÃO HÁ A RESOLUÇÂO, PARECE-SE
COM O TAL PLATÔ FEMININO, A EXCITAÇÂO PERDURANDO-SE...
NÃO SENTI NADA NA HORA, EXCETO UMA FACADA PROFUNDA.
INCHOU COMO UMA BOLONA DE BOLICHE. DIRIGI PRÁ CASA
ACELERANDO COM UM CABO DE VASSOURA. MANHÃ SEGUINTE,
CLAUDICANDO NO HOSPITAL ORTOPÉDICO, O MÉDICO ORDENA
À SENHORA ENFERMEIRA UMA PUNÇÃO, ONDE ELA CRAVA
UMA AGULHA VETERINÁRIA DE POLPUDAS DIMENSÕES AFRO-
PORNOGRÁFICAS NA TAL BOLA ESTUFADA E SANGRO QUAL
UM PORCO GORDO, O SUFICIENTE PARA ENCHER UMA LATINHA
DE CERVEJA, MOMENTOS ANTES, O ORTOPEDISTA TORCEU
PARA SAIR SÓ LINFA OU SORO, O QUE SERIA SINAL CLARO
NO EVITARMOS DE UMA ARTROSCOPIA, JÁ AGENDADA PARA
O MES DE ABRIL, O EMBATE DEVE IR AO AR DAQUI A ALGUNS
NA T.V. FECHADA, JÁ VÍ A PRÉVIA NA ILHA DE EDIÇÃO: PEDI
PRÁ CORTAR O BIZARRO MOVIMENTO DA PERNA, NEGARAM...
LEMBREI-ME DA POLÍCIA MILITAR, ADENTRANDO BECOS:
AUTORIZO-OS HOJE ? NÃO SEI. FELIZMENTE... SÓ DÓI, E
BASTANTE, QUANDO EU INSPIRO PROFUNDAMENTE, O
O QUE PODE ENSEJAR SÁDICOS E OS QUE ME ODEIAM
EM FAZÊ-LOS SORRIR, O QUE JÁ ME CONSOLA, POIS SÓ
UNS DOIS CARAS RECALCADOS EXERCITAM-SE NISTO.
DIAGNÓSTICO FINAL: CONCUSSÃO MECÂNICA NA CABEÇA
DA TÍBIA, FICA UMA CASCA RÍGIDA POR FORA COMO NUM
OVO, MAS A MEDULA SE LIQUEFAZ COMO UMA GELATINA.
HOMENS QUE CRUZO POR AÍ, ME PERGUNTAM: ´´FootBall?´´
EIS O QUE TENHO ESCUTADO, VINDO DE LÁBIOS MUITO MAIS
SORRIDENTES, SÃO DEZ, ENTRE CADA DEZ INTERLOCUTORAS,
APÓS O EVENTO QUE DEVE CONFIGURAR-ME AÍ, POR MESES:
´´-UAU! VOCE FICA SUPER-CHARMOSO COM BENGALA...´´
ESSAS MULHERES... ! ... ;)
CS-C
.....................................................................

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Capriche. Não curto Anônimos, mas costumo perdoar os Covardes. (Às vezes, me sinto covarde, então...)